Resenha #114 | Casada até Quarta, de Catherine Bybee | Verus Editora

Sinopse: Blake Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.
Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele.
Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.
Casada até Quarta - Noivas da Semana #1 | Catherine Bybee | 196 páginas | Verus | Avaliação: 5/5+ | Skoob

Samantha Elliot era de uma família rica, tinha tudo o que queria através de sua fortuna, mas toda sua vida foi por água abaixo quando seu pai foi preso por corrupção e jogou o nome da família no lixo. Isso provocou feridas enormes na família, causando o suicídio da mãe de Samantha e a tentativa de suicídio da irmã, que agora passava os dias internada por conta de um AVC que tirou quase todos os seus movimentos e capacidade de fala. Agora Samantha precisa se virar para viver do melhor jeito que conseguir e batalhar para cuidar da irmã.

A jovem agora é dona de uma agência de casamentos e encontra a mulher perfeita para homens que por inúmeros motivos precisam de uma esposa o mais rápido possível. Blake é um desses homens. Quando seu pai morre e deixa uma herança que ele só receberá quando completar um ano de casado, ele decide que precisa urgentemente de uma esposa e é por isso que eles marcam de se encontrar. Mas Blake não esperava que o Sam, empresário recomendado a ele, fosse uma mulher e muito menos que ele se interessaria mais por ela do que pelas mulheres que ela mostrou-lhe.

Quando ele desligou, Samantha questionou se era uma decisão sábia continuar com aquele flerte. Mas, como o sorriso ameaçava deixar marcas permanentes em suas bochechas, ela afastou as preocupações da mente e simplesmente curtiu o pensamento de um homem demonstrando interesse nela como mulher.

Mesmo que esse homem fosse seu marido.

- Sinto falta do perfume de lavanda da sua pele. Vou mandar os jardineiros plantarem um alqueire de lavanda aqui. Assim, toda vez que eu passar, vou lembrar de você.

Sam não estava no catálogo, mas era impossível resistir ao charme do poderoso duque, então eles assinam um contrato de um ano para o falso casamento. Os dois concordam em terminar com tudo assim que recebesse a herança, mas é claro que não seria tão fácil; as coisas se complicam conforme a atração entre eles vai ficando mais forte e já é impossível impedir que os sentimentos sejam envolvidos; fica cada vez mais complicado lembrar que tudo aquilo tem um prazo de validade. Para completar, um novo termo no testamento promete colocar em risco o acordo já comprometido.

Quando eu comecei a ler essa obra, achei mesmo que toda a história havia sido entregue na sinopse, mas todo o enredo guarda muito mais que isso. Foi algo que me prendeu e me impressionou demais em um número pequeno de páginas. Comecei a ler em um dia e, apesar de não tê-lo lido em apenas algumas horas, quando vi já estava terminando. Finalizei a leitura com um sentimento enorme de felicidade e uma empolgação ainda maior pelo próximo volume.

Confesso que o final é até previsível, mas o caminho percorrido pelos personagens até chegarem a seus objetivos me provocou suspiros de impaciência, nervosismo, surpresa e alívio. Em minha opinião, foi uma ótima leitura, uma experiência inesperada, uma vez que eu sequer imaginava o que me aguardava. Eu estava bem empolgada e com as expectativas lá em cima e fico extremamente feliz ao dizer que elas foram superadas, coisa que não vinha acontecendo nos últimos meses.

Os soluços perturbadores de Sam foram se reduzindo a choramingos, e ele a sentiu relaxar contra seu peito, por fim sucumbindo ao sono tão necessário. Durante todo o tempo que Blake a segurou, acariciou seus cabelos, disse que estava ali com ela e que tudo daria certo.

Ele faria dar certo.


Eu definitivamente recomendo essa obra. Foi maravilhoso ver o relacionamento de Sam e Blake evoluindo, mesmo com as situações que se levantaram e com as várias dúvidas e incertezas que amedrontavam tanto ela como ele – que antes tinha uma vida segura, agitada pelas mulheres com quem tinha uma relação sem compromisso algum e agora se via preso a uma só mulher, não desejando nada além de tê-la em seus braços. Eu estava esperando uma leitura leve para intercalar com outro mais denso, mas Casada até Quarta tomou toda a minha atenção e eu praticamente só larguei quando cheguei ao fim. Essa leitura me fisgou tanto que eu esqueci completamente de marcar minhas citações favoritas.

O livro possui algumas cenas mais quentes, mas não são tão frequentes e nada que incomode tanto a quem não é fã, como eu. A edição da Verus ficou maravilhosa, tanto nesse exemplar quanto nos outros da série, que eu já quero todos, hahah. Já estou com Esposa até Segunda em mãos, nem li a sinopse, então não faço ideia do que esperar, mas tenho quase certeza de que irei amá-lo também.

Acompanhe-nos:

Comentários

  1. Oiê!
    Olha, o começo desse livro parece muito dramático e apelativo, né? Não me convenceu muito e não fiquei nada interessada pelo enredo como um todo, infelizmente, passo essa dica. =/
    Mas a capa é bem bonita.

    ResponderExcluir
  2. Esse realmente parece ser um livro bem engraçado de ser lido menina, casada até quarta parece ser envolvente e para quem gosta desse tipo de romance não se arrependeria de ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Esse é o tipo de livro que amo...
    História meio clichê, mas que te prende por ter uma boa narrativa.
    Estou muito interessada na série.

    ResponderExcluir
  4. Oieee! Eu tô doida pra ler essa série, só não tive tempo ainda. Uma colunista minha que tá acompanhando e amando. Eu AMEI MUITO as suas fotos *-* e adorei sua resenha. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Oiê! Tem um livro da Carina Rissi bem parecido, Procura-se um marido. Na verdade essa coisa de casamento arranjado para herança é bem clichê, mas como você falou que o desenrolar da trama é original eu fiquei um pouco mais interessada. E, saber que não tem tantas cenas quentes também me agrada já que não curto o gênero erótico. Anotei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, confesso que o gênero não me atrai, mas admito que a premissa é bem diferente e fiquei curiosa para saber o que acontece em detalhes. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros nesse estilo, mas essa sinopse e capa têm despertado minha curiosidade. Inclusive, estou quase não resistindo e comprando na Book Friday haha.
    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para ler, principalmente por ter ressaltado que, apesar do final ser um pouco previsível, a jornada dos personagens não é.
    Adorei sua resenha e espero poder ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi!!


    Essa dica veio muito a calhar, pois estou em uma vibe de ler romances nesse estilo e mesmo com o final previsivel me sinto acolhida por não ter nada infeliz. Sou de fases e essa dica está mais do que anotada, já me sinto encantada pelo duque e já sofro por antecipação pela data da farsa acabar. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu estou interessada no livro desde que vi que a Verus iria lanças essa coleção, eu adoro esse tema e normalmente os livros são carregados de tapas e beijos rsrs. Fico feliz de saber que você gostou da leitura, com certeza o livro está na minha listinha.

    ResponderExcluir
  10. Oie,
    Adorei a sua resenha!
    Pareceu ser um livro bem divertido e de rápida leitura.
    Fiquei bem interessada pela história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. oi, Fê. legal que vc aproveitou a leitura, embora o enredo pareça mesmo previsível, inclusive com o desfecho... bem, pra ser franca nao émeu tipo de leitura... tô vendo mta gente comentar desse livro na blogosfera mas nao rolou interesse meu em ler...

    bjs...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Divulgação] Zip Anúncios