Resenha #81 | Marshmallow, de Dorothy Koomson | Primavera Editorial


 – Você é negra  – afirmou novamente a menina, com uma voz límpida e firme; falava com a sinceridade de uma criança e a confiança de um adulto.

FICÇÃO | 456 PÁGINAS | PRIMAVERA EDITORIAL | CLASSIFICAÇÃO: 4/5 | OFERTAS | SKOOB


Kendra Tamale, é nossa narradora/protagonista. Uma mulher forte e misteriosa que se muda da Austrália para Inglaterra  e que, ao longo da leitura, percebemos se tratar de uma fuga – e aluga um pequeno apartamento de Kyle.



Kyle é um recém divorciado, pai de gêmeos - Summer e Jaxon. O homem está muito confuso com sua situação, pois sua mulher foi embora e pediu para que ele cuidasse dos filhos até que ela se estabilizasse. As crianças reagiram de diferentes formas, uma vez que Summer ficou mais birrenta que nunca e Jaxon não fala quase nada mais.

Kendra se comove com a situação das crianças e até acaba entrando em conflito com Kyle em um certo momento por conta da atitude imatura dele de embriagar-se durante a noite, o que preocupou muito as crianças. Kendra é uma mulher muito decidida e, quando está movida pela vontade de ajudar alguém, vai fundo nas suas convicções e acaba dando um "sacode" de responsabilidade em Kyle.

As crianças acabam adotando Kendra como uma amiga e figura materna e, pelo fato de a moça não poder ter filhos, ela se vê bastante tocada pelo afeto das crianças. Apesar de no começo estar relutante, ela decide não abandonar Jaxon e Summer. Porém as intenções de Kendra são confundidas por Kyle, que acaba achando que ela gosta dele de um jeito diferente. A partir de então, nossa protagonista tenta afastar o homem, mas, pelas crianças, eles acabam se reconciliando, como amigos – por enquanto.


Uma pontada de dor resolveu-se dentro de mim ao lembrar-me de estar em Sydney: Um telefone a tocar. O horrível silêncio que se seguiu. Aquela voz...

Entretanto Kendra guarda um segredo e, durante a leitura, temos dicas de o que pode ser – apesar de eu não conseguir descobrir e acabei me surpreendendo –, mas é só no final que temos a certeza.



Marshmallow retrata a dor de uma mulher que teve sua inocência roubada, o que a faz carregar um desespero durante muito tempo. Vemos ao decorrer da leitura o quanto esse trauma atormenta Kendra, que relembra o acontecimento muitas vezes. Ela se preocupa em manter-se invisível e está sempre fechando muito bem a casa e cuidando ao seu redor. O medo a persegue a todo instante e isso a impede de se aproximar das pessoas.

– Vai continuar a dizer piadas sobre banhos enquanto eu for vivo, não vai?  – perguntou.
– Sim, praticamente.

Os personagens do livro são bem interessantes. Kyle é um bom homem, no entanto o fato de não saber lidar com o seu recente divórcio acaba deixando seu relacionamento com os filhos muito difícil e ele até os coloca em segundo plano em alguns momentos. Jaxon e Summer são crianças incríveis e muito fáceis de se amar. Kendra parece ter um dom especial para lidar com eles, apesar de nunca ter tido filhos, e acabam se dando muito bem. A única amiga que Kendra tem é Gabrielle, que também é sua chefe no trabalho e ajuda muito Kendra. Marshmallow é um livro com emoções fortes que nos fazem refletir.

Sobre o trabalho da Primavera Editorial, suas folhas são amareladas e é dividido em cinquenta e quatro capítulos com uma fonte de ótimo tamanho. É um livro que recomendo para quem tem paciência, pois eu tive bastante dificuldade para terminar o livro, devido a demora para o desenrolar dos fatos. Mas é uma leitura muito válida e trata de um assunto muito importante que deve ser falado.
   


Livro cedido em parceria com a editora
para resenha e divulgação
Título: Marshmallow
Autora: Dorothy Koomson
Páginas: 456
Editora: Primavera Editorial
Ano: 2015
Avaliação: ★★★★
Sinopse: Quando Kendra Tamale regressa à Inglaterra, fugindo de velhas mágoas e em busca de um novo começo, aluga um quarto de Kyle, um homem separado e pai de dois filhos, de quem se aproxima, contra todas as suas expectativas. Porém, essa amorosa e simpática mulher esconde algo sombrio em seu passado. O que acontecerá quando esse segredo vir a tona e Kendra tiver que enfrentar seus próprios demônios? A única forma de remediar a situação é confessar o erro terrível que cometeu há muitos anos atrás, algo que prometeu nunca fazer. Marshmallow: O que pode acontecer quando se abre o coração para completos estranhos. Escrito por Dorothy Koomson, é uma história de redenção e, sobretudo, amor. A autora aborda de maneira delicada temas polêmicos como o alcoolismo, ressaltando a importância do apoio da família na superação de momentos difíceis. "Koomson mantém os leitores cativados pela promessa de renovação." - Publishers Weekly “Marshmallow fará lágrimas correrem pelo seu rosto, mas também sentir que independente do que que aconteça, sempre há esperança.” - Heat "Uma leitura fascinante do início ao fim... incrivelmente comovente e inteligentemente escrito.” - Woman, Reino Unido, " Livro da Semana "

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha #108 | A Mamãe é Rock, de Ana Cardoso | Editora Belas Letras