24.5.16

| Resenha #61 | Namorado de Aluguel, de Kasie West | Verus Editora

Namorado de Aluguel
Kasie West

Editora: Verus
Páginas: 250

Ela conseguiu convencê-lo a se passar por namorado dela, mas vai conseguir conquistá-lo de verdade?

Sinopse: Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley.
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas.
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma. [SKOOB]

  Gia Montgomery possuía uma vida sensacional. Sua vida na escola era ótima, ela tinha duas melhores amigas que a acompanhavam em tudo, possuía um cargo importante como presidente do conselho estudantil e era uma das garotas mais populares da escola. No entanto ela viu tudo o que considerava ser o melhor de sua vida ameaçado quando uma “doença” – assim chamada por nossa protagonista – chegou para destruir seu círculo social.
  Jules era a garota nova que se aproximou de Claire, uma das amigas de Gia, decidida a destruir a amizade entre as três. Sempre que podia, Jules atacava Gia verbalmente, afim de questionar tudo o que era dito. E foi quando o assunto sobre o possível namorado de Gia apareceu que tudo foi pelos ares. Suas amigas nunca haviam visto Bradley e Jules aproveitou para plantar a dúvida no grupo. O baile de formatura seria a oportunidade para Gia mostrar à doença que seu namorado existia.



  Quando Bradley termina o namoro no estacionamento do local onde será o baile, o mundo da garota desmorona. Porém ela está mais preocupada com as aparências do que com os sentimentos envolvidos. Se entrasse desacompanhada, ajudaria a provar todos as indagações que Jules já havia plantado e perderia a amizade de Claire e Laney. Quando tudo parecia perdido, uma ideia surgiu em sua mente no momento em que ela viu um rapaz sozinho dentro de um carro, com um livro em mãos.
Desci as escadas e encontrei meu pai sentado à mesa da cozinha com seu caderno de desenho. Eu sabia que não devia interrompê-lo enquanto ele tentava recuperar um sonho perdido. Meu pai já quis ser animador da Disney. Aparentemente, é um objetivo quase impossível de alcançar. Um sonho muito distante de onde ele foi parar, um contador que passa o dia sentado atrás de uma mesa, usando só o lado esquerdo do cérebro. Seu lápis deslizada sobre o papel com uma facilidade que ele não demonstrava em nenhum outro campo da vida. Ele era bom de verdade.
  A partir daquele dia a teia de mentiras de Gia foi crescendo cada vez mais. A moça conseguiu convencer Hayden, o garoto do carro, a entrar com ela e fingir ser seu namorado por uma noite, prometendo que ele poderia requisitar o favor futuramente. Mas, conforme os dias iam passando, ela queria loucamente encontrar aquele que havia aceitado contar uma mentira por ela. Enquanto tenta achar um meio de conversar com Hayden fora das encenações feitas no baile, as farsas ditas para suas amigas só aumentam e Jules assiste com prazer a confiança de Gia desmoronar.
  Namorado de Aluguel nos apresenta uma menina fútil e superficial que, por não ser capaz de colocar plena confiança em suas amigas, acaba se metendo em grandes problemas e cooperando para que a intrusa conseguisse o que tanto queria. Mas também nos mostra como um bom relacionamento pode mudar a vida de uma pessoa e transformá-la maravilhosamente em uma pessoa melhor.
– Não quero discutir por causa disso – minha mãe respondeu.
– Não estamos discutindo, mãe. Só conversando. – Naquele instante eu entendi o Drew mais do que nunca. Sempre pensei que ele gostasse de criar confusão, mas talvez meu irmão só quisesse expressar uma opinião diferente. E talvez fosse a hora de eu começar a expressar a minha.


  É impressionante ver o crescimento do relacionamento de Gia e Hayden. No início, ela só queria alguém para apresentar às amigas e acabar com aquilo, mas acabou atraída pelo rapaz. A relação começou apenas como uma troca de favores, porém a forma como eles se entendiam e gostavam da companhia um do outro deixou os dois deveras confusos sobre os reais sentimentos envolvidos. O ponto mais forte do livro foi o modo como Gia se esforçou para mudar seu comportamento e ser diferente da garota tola que Bec – irmã de Hayden que desaprovava o acordo – pensava que ela era. Acompanhar a evolução da amizade de Gia e Bec também foi lindo.
  Todos os personagens merecem grande destaque, tanto os principais quanto os secundários, pois possuem muitas características e qualidades muito bem construídas. A família de Gia foi a que mais me impressionou, pois a mãe dela sempre fazia de tudo para passar a impressão de família perfeita. Eles não sabiam o que era enfrentar um problema, porque sempre se esquivavam para não passar pelo estresse de resolvê-lo. Mas tudo mudou quando Gia foi atingida por diferentes sentimentos e percebeu o quanto sua família estava errada. Seu posicionamento uniu ainda mais a todos.


A única pessoa com quem eu podia conversar agora era a irmã do cara que eu não queria ver nunca mais, por isso eu estava sentada no carro tentando entender as coisas sozinha. Antes eu era boa nisso. No começo do ano. E, apesar de todas as pessoas que haviam dito ultimamente que eu estava diferente, melhor e mudada, eu me sentia perdida, ressentida e sozinha. Queria meu antigo eu de volta. Aquele que conseguia empurrar um problema para baixo do tapete até se sentir capaz de lidar com ele. Talvez a questão fosse essa. Eu nunca lidava realmente com nada.
  O trabalho da Verus ficou sensacional. Por um bom tempo eu fiquei admirando a capa e o interior dessa obra que representam muito bem o desenvolvimento do enredo. As fontes usadas são bem fofas, sendo que parte da primeira frase de cada capítulo é cursiva, parecendo letra caligráfica. O tamanho da fonte, assim como margens e espaçamentos, é confortável. Encontrei muito pouco erro de revisão, então nem me incomodei. O livro é narrado em primeira pessoa pela Gia, então podemos conhecer toda a história do seu ponto de vista, todos as emoções que a envolvem e o impacto que os acontecimentos têm em sua vida.
  Namorado de Aluguel foi uma obra que com certeza entrou para os meus favoritos. Kasie West usou uma história clichê e a transformou em uma história complexa repleta de crises familiares, romance e até críticas sociais. O livro ainda possui incríveis exemplos de confiança, união e a importância de sempre dizer a verdade.

Avaliação:
5/5 + Favorito

26 comentários:

  1. Olá, Fernanda. Desde já parabenizo pela resenha, está linda! Eu quero muito ler o livro mas infelizmente ainda não tive oportunidade, mas sempre leio as resenhas sobre ele, que só aumentam a minha ansiedade. Um beijo!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
  2. Oi Fe, eu também já li esse livro e adorei, assim como você. Sua resenha está incrível e conseguiu descrever bem o que eu também senti durante a leitura. As fotos também complementaram muito bem sua postagem. É um livro bem descontraído, e espero poder ler mais títulos dessa autora.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Nossa, favorito + melhor avaliação? Bom, eu não leria esse livro pela temática, uma que vejo mil tretas acontecendo, e não vejo muitos fundamentos, mas sei lá, é questão de gosto, não é mesmo? Gosto de crises familiares abordadas nos livros, e acho uma temática cada vez mais atual, mas da mesma forma, não entrou pra minha lista.
    abraços!

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos livros que quero muito ler. No inicio achei que você não ia curtir, mas parece que a estória deu uma guinada e conquistou você. Gosto de livros em que os personagens evoluem e nesse parece que acontece exatamente isso. E quem nunca teve uma "amiga" como Jules, infelizmente já passou algumas na minha vida assim e dei um samba na cara delas. rsrsrs
    Mas a Gia parece que abusava da sorte com suas mentiras e é isso que mais me deixou interessa da por esse livro.
    Adoro os livros da Verus e como eles capricham nas capa. Essa está lindíssima.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Fernanda, tudo bem?

    Esses acordos nunca terminam bem, né? Ou terminam, depende do ponto de vista! hahaha
    Não acho a proposta original, há muitos livros por aí com essa premissa, mas esse tipo de leitura é sempre muito gostosa.
    Fiquei curiosa para saber como Gia vai lidar com tantas mentiras. E essa Jules, hein? Ela começa a atacar Gia assim a troco de nada?
    A capa do livro está linda e suas fotos ficaram maravilhosas, parabéns.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Oi Fer!
    Eu também ameeeei esse livro. O que mais gostei foi da evolução da Gia e da critica social que a autora traz para nós, não só da futilidade, mas também sobre aceitação.A Editora Verus caprichou mesmo na edição, amei aquela fonte fofa que tem no comecinho dos capítulos. ♥

    beijo!

    ResponderExcluir
  7. Eu estou louca por esse livro, a capa é encantadora e a sinopse dá vontade de correr para comprar. Eu gostei muito de ver a sua opinião e de saber um pouco mais sobre a obra. É muito bom quando os personagens nos agradam e todos eles estão bem descritos e inseridos na trama.

    ResponderExcluir
  8. Olá

    Quero muito ler esse livro, inclusive já comprei. A premissa é bem cliche, tanto que tem vários filmes nessa pegada, mas quero muito ler. Fico feliz em saber que você achou que o crescimento da personagem foi o ponto alto, adoro quando isso acontece. Espero ler em breve e gostar tanto quanto você.

    Everton Equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Fernanda,
    Parece que o crescimento da protagonista é enorme ao longo da trama. Fico imaginando o que faz uma pessoa mentir para parecer melhor perante os outros e até consigo entendê-la, mas não aceito rs.
    Fiquei feliz em saber que Gia se esforça para mudar seu comportamento e é uma leitura que pretendo fazer. Acho que aprenderei um pouco com ela.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Fernanda
    Tão bom ler resenha assim animadas!
    Gostei muito de conhecer melhor Namorado de Aluguel. Interessante ver as situações que eles passaram e o que uma mentira é capaz de fazer.
    Quero muito conhecer de perto essa história.
    Bom saber que entrou para seus favoritos.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Oiee ^^
    Odeio personagens fúteis, mas adoro quando el@s amadurecem e se tornam cada vez melhores ♥ Saber que o livro é bem mais do que aparenta (a sinopse não parece fazer jus à história) me deixou muito animada para lê-lo, e estou doida para conhecer os personagens e ver como tudo vai ocorrer. Fico feliz que você tenha gostado da história :) A capa está linda!
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!!

    Tanta gente amando e eu não sinto vontade de ler ele!
    Acho que essa futilidade toda da protagonista me incomoda, e como a trama é mais teen, talvez isso que me deixe sem vontade. Espero que a protagonista evolua muito mesmo até o final rs
    Mas concordo que a capa é linda mesmo!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  13. Oi
    que bom que adorou a leitura, eu estou louca para ler esse livro já que parece ser uma leitura bem gostosa e a capa é linda, é legal quando vimos o crescimento e as mudanças do personagem principal e que bom que isso acontece nesse.


    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu estava muito em dúvida se lia esse livro neste mês, mas acabei passando por achar que seria mais uma história de adolescente boba e sem profundidade.
    Mas pela sua resenha deu pra perceber que o livro é completamente o oporto disso. Adorei saber que a autora usou de elementos clichês para tratar temas importantes como problemas famíliares, fiquei bem curiosa para saber como ela desenvolveu isso, e por isso o livro acabaou de voltar pra minha lista de leituras ;)

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    Eu li esse livro ontem acredita? fiquei um tempo na livraria vendo se alguma coisa me chamava muito a atenção, quando olhei essa capa e vi o titulo eu fiquei extremamente curiosa, li a sinopse e comprei, quando cheguei em casa fui ler e dai por diante não consegui parar até terminar, o livro e realmente muito bom, e a construção dos personagens tanto principais quanto os secundários me surpreendeu pois não é todo livro que e assim, gostei muito da sua resenha e se já não tivesse lido o livro (que aliais concordo plenamente com oque você disse acima) eu teria ido ler ele imediatamente...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oie!!!!
    Simplesmente me apaixonei quando vi essa capa na livraria pela primeira vez e logo pensei " tenho que ler esse livro" (é sou dessas que se apaixona pela capa e quer ler o livro), mas quando li a sinopse "esfriei" um pouco, pois parece ser bem direcionado ao público teen e pela sua resenha parece que acertei em parte. a julgar pelo comentários e por sua resenha este deve ser um livro que te conquista!
    Acho que a Verus Editora caprichou bastante nesta edição que além da capa possui os detalhes lindos que voc~e mostrou em fotos e que contou na sua resenha!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Fernanda, desde o lançamento desse livro eu fiquei curiosa com ele, parece ser uma história leve e contagiante, e mesmo assim trás uma mensagem bacana no final né? amei a sua resenha e ela me deixou mais instigada a ler o livro! Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    De cara eu não fiquei muito animada com esse livro porque é bem clichê tudo mesmo, mas lendo sua resenha fui ficado animada, é bom saber que a autora conseguiu transformar a história em algo mais, cheia de assuntos para se pensar e com personagens e relacionamentos bem construídos. Enfim, é um romance que eu não dava muito, mas sua resenha me fez mudar de opinião e quero ler agora kkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Este livro está na minha lista de próximas leituras e depois de ler sua resenha, tenho certeza que vou curtir bastante a leitura. Menso esse enredo tendo cheiro de clichê, já quero ler logo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi Fernanda,
    Pretendo ler esse livro em algum momento, li a sinopse e fiquei bem curiosa. Pensava que o enredo só traria um relacionamento adolescente clichê, mas gostei de saber que envolve o relacionamento familiar e críticas sociais. Parabéns pela resenha.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  21. Não sei como essa menina arrumou forças para simplesmente pedir a um desconhecido que fingisse ser seu namorado na mesma noite em que o namorado verdadeiro terminou com ela... rs... Achei muito legal que o livro tenha um romance bem trabalhado e, além disso, crises familiares e até críticas sociais. Acho a capa mais que linda e é muito bom saber que tiveram cuidado com o trabalho gráfico no livro todo. Quero ler.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Eu tinha achado a premissa bem fraca, mas isso foi até ler sua resenha e saber que a autora aborda algo muito maior. Eu adoro livros onde os personagens crescem e amadurecem aos olhos do leitor, e esse é um dos motivos que me farão dar uma chance à Namorado de Aluguel! Sua resenha ficou ótima!! Amei tudo.
    Assim que tiver um espacinho entre as leituras, lerei ele.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oi Fernanda, tudo bem?
    Em um primeiro momento, achei que os personagens do livro seriam fúteis e por esse motivo, não me animei a realizar a leitura dele. É que realmente não me agrada essa ideia da moça usar uma pessoa só para provar para os outros, acredito que as pessoas devem tomar decisões apenas por si mesmas. Porém, sua resenha ficou maravilhosa e por você ter comentado que os personagens passam uma lição por mostrar os problemas familiares, que mentir não leva a nada, e por ser uma história envolvente acabei ficando curiosa, parece ser um romance bem leve.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  24. Ooi,
    Só tenho lido maravilhas sobre esse livro! Parece um romance leve e viciante, perfeito para uma tarde chuvosa, como as muitas que tem aqui em Curitiba! Gostei da sua resenha, gosto de saber quando o personagem realmente evolui durante a narrativa. Coloquei ele na lista e espero poder ler logo!
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem? :)
    Esse livro parece ser daquelas bem clichés mas engraçados e que apesar de sabermos o que vai acontecer, faz com que queiramos chegar à última página, certo? No entanto, com tanta coisa boa e variada que tenho para ler neste momento, não sei se me arriscaria nesse livro. Mas achei a capa muito bonita <3
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  26. Gostei muito da forma que a autora trabalhou tantos clichês na vida de Gia de uma forma tão encantadora e um tanto real, foi precisar de duas pessoas que não vivem na futilidade para ela entender como tudo estava envolta dela e isso foi bem legal e gostei também do desenvolvimento do romance, devagar e bem bonito, pois teve toda o nascimento de uma grande amizade antes.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Psiu, vem ler!. Todos os direitos reservados.
Criado por: Fê Goulart.
Tecnologia do Blogger. | Voltar ao topo
imagem-logo