5.3.16

| Resenha #46 + Sorteio | Diário de Busca, de W-Souza | Chiado Editora

Diário de Busca
W-Souza

Editora: Chiado
Páginas: 342

Uma mãe por seu filho
Pode mudar ações
Pode rever ideias
Pode mudar convicções

Sinopse: O incansável explorador dá de ombros e não se deixa abater, tentando demonstrar maturidade e controle. Eval tinha razão, muito ainda estava por vir, aquilo era só o começo.
Aprendeu com sua mãe a ser persistente, a lutar pelo que acredita, e pensou: É como dizia um velho amigo - Para o obstinado, o tropeço é apenas um empurrão para seguir em frente.
Agradeceu, despediu-se, pegou a mochila, e virando a aba do boné para trás, gesto que fazia quando estava indignado, partiu, sorrindo apenas para a secretária.
Jamais desistiria, não era o perfil dos Di Carlli. Dali foi direto para a biblioteca preparar o material para uma próxima possível expedição. [SKOOB]

      Leopoldo Di Carlli era uma criança feliz. Seus dias se resumiam a brincar com os amigos e ficar lendo na biblioteca, atual local de trabalho de sua mãe. Mas Leo era um garoto diferente. Para ele, ficar enterrado nos livros era muito mais incrível do que jogar futebol com os amigos, mesmo que, depois dos jogos, ele chegasse em casa todo sujo e suado. A biblioteca, para o pequeno Leo, era um lugar mágico. Porém, ainda criança, sua vida mudou quando ele encontrou um lindo livro de capa azul nomeado Civilizações Antigas.
      Sem saber, o menino contrariou as vontades da mãe que queria, a todo custo, que ele estudasse para o sacerdócio. No entanto o garoto se viu apaixonado pela possibilidade de encontrar vestígios deixados por outras civilizações e se apegou cada vez mais à arqueologia, levando a mãe à loucura. Sem a ajuda do pai do garoto, que morreu vítima da varíola, Leopoldina decidiu que precisava fazer algo quando Leo começou a colecionar pedras por todo o seu quarto e deixou de lado os livros sobre catolicismo. Depois de várias brigas entre os dois que não levaram a nenhum resultado, ela finalmente o internou e o deixou sob os cuidados do padre Hélio, conhecido pelos métodos pouco convencionais de aplicar a educação.



      Mesmo depois de viver por anos em uma cópia perfeita do inferno – cada detalhe narrado tão perfeitamente que me vi agoniada, com a sensação de estar presenteando tudo –, Leopoldo não desistiu de seus sonhos. Quando foi liberado daquela prisão, aos 17 anos, teve uma longa conversa com sua mãe e eles conseguiram chegar a um acordo quanto ao seu sonho profissional e, logo após, ele começou com suas pesquisas e expedições em busca de novas descobertas, permanecendo nesta área por longos anos até resolver embarcar na astronomia. Graças ao trabalho que seguia, Leopoldo conheceu Layla, secretária do homem que conseguia suas expedições enquanto arqueólogo, e, com ela, teve seu único filho, Richard. Vários estudos foram feitos sobre as atividades do Universo até que Leo, já em sua velhice, encontrou mapas que influenciaram a terceira geração de sua família: seu neto Tony, o astronauta. Depois de várias perdas, Leopoldo e Tony se tornaram muito próximos e, juntos, trabalharam nos mapas que levaram a uma grandiosa descoberta, com viagens espaciais e contatos interplanetários, mas essa não é nem a metade das aventuras.

Leopoldo observando a felicidade de Tony percebe que venceu a luta contra a dor. Orgulhoso, sabe que conseguiu lhe passar força e fé. O rapaz é um vencedor. De tudo, restou apenas a saudade, uma saudade amena, uma saudade sem dores extremas. – Página 113
      Durante a leitura de Diário de Busca eu achava que tinha toda a resenha em minha mente, mas foi muito difícil passar tudo para o Word. Wânio nos apresentou uma história magnífica e Wolnéia, sua irmã, o ajudou com os detalhes necessários e com a finalização, transformando a obra em um enredo fascinante. Os irmãos me conquistaram com essa obra de uma forma que eu mal consigo explicar. Eu queria poder falar muito mais sobre Diário de Busca, porque a descoberta de Leo não foi nem a ponta do iceberg, mas, se eu escrevesse tudo o que esse livro engloba, não terminaria mais a resenha. Conversando com os autores, eu disse que, enquanto lia, me senti igual ao Leopoldo quando se apaixonada por um livro. Um dia cheguei até a interromper a leitura para comprar bolachinhas parecidas com as que o menino carregava, de tanto que a história me influenciou.
      Esse é o tipo de história que, por mais que o leitor tente, não vai conseguir imaginar um final. Sempre que você pensar que algo vai se estabilizar, uma nova aventura muda totalmente o rumo da coisa, deixando o leitor aflito e preso na leitura, querendo sempre saber o que acontecerá a seguir. Demorei demais para trazer a resenha para vocês, pois ainda estou tentando me recuperar daquele final – imaginem, então, o meu estado quando descobri que vai, sim, ter uma continuação 'O'. Todo o enredo foi muito bem elaborado e colocado em prática. Mesmo com um número um pouco grande de personagens, em nenhum momento me perdi ou fiquei confusa sobre quem era quem.


Sem dizer nada, o astrônomo liga a tela do computador que está conectada ao telescópio. Os três observam um corpo negro circular estampado à sua frente, idêntico a uma pérola, uma deslumbrante e magnífica pérola negra. – Página 125
      O livro é narrado em terceira pessoa, o que acredito que, pelo número de personagens, foi a melhor escolha. Podemos conhecer como cada personagem se sente nas várias situações que formam esse enredo tão fantástico. A árvore genealógica foi maravilhosa. A princípio, achamos que Leo é o nosso cara, mas, ao correr das páginas, somos apresentados a várias gerações de sua linhagem que terão grande influência na história. O título da obra, na minha opinião, pode ter vários significados e eu fiquei encantada ao constatar isso.
      Eu conheci a obra através da parceira com a Chiado Editora. Ele estava na minha lista de solicitações, mas ainda não havia realizado o pedido quando os próprios autores entraram em contato comigo perguntando sobre a possibilidade de uma parceria. Poucos dias depois de conversarmos, descobri que outros blogs que conheço também foram contatados. Foi uma honra estar entre nomes que admiro. E, claro, foi um prazer receber a oportunidade de ler e resenhar a obra dos irmãos. Minhas expectativas foram superadas sem sombra de dúvidas e eu mal posso esperar pela continuação.



      O livro segue o mesmo padrão dos outros exemplares da Chiado: as folhas são amareladas – e com um cheirinho maravilhoso! –, a fonte é de um tamanho muito confortável, assim como as margens e espaçamentos. A diagramação é bem simples e os capítulos são nomeados de acordo com algo que será dito, fato que eu achei bastante interessante. Por mais que ache que ela não representa muito bem a história, a capa sempre me chamou muito a atenção, de modo que eu a aprecio desde que conheci. Achei pouquíssimos erros de revisão, de forma que as únicas falhas foram algumas faltas de vírgulas.
      Eu marquei um total de 45 quotes durante a leitura – e isso sendo que meus post-its terminaram quando eu estava prestes a chegar no final da história. Então, se você gosta de uma história cheia de aventuras, com incríveis descobertas astronômicas, personagens encantadores, diálogos divertidos e, para completar, a formação de belos casais, Diário de Busca é o seu livro. A partir de hoje irei recomendar para todas as pessoas que me pedirem uma indicação, sem arrependimentos. Foi uma experiência fascinante e, mesmo assim, ainda acho que não expressei o suficiente!


Avaliação:
5/5 + Favorito


Regras e observações
1. Residir em território brasileiro;
2. Curtir o blog Império Imaginário no Facebook e a página da Chiado Editora;
3. Deixar um e-mail para contato no formulário;
4. Ao cumprir as entradas obrigatórias, automaticamente as chances extras serão apresentadas;
5. O livro autografado será enviado pelos autores no prazo de 30 dias úteis após recebidos os dados do vencedor;
6. O blog não se responsabiliza por possíveis danos ou extravios;
7. Entraremos em contato com o vencedor e o mesmo terá até três dias para o envio dos dados solicitados. Se não recebermos respostas, o sorteio será refeito;
8. Qualquer dúvida ou problema referente ao sorteio, envie um e-mail para imperioimaginario@hotmail.com

a Rafflecopter giveaway

42 comentários:

  1. Oi
    Achei o livro bem interessante,não conhecia a obra nem o autor,pretendo ler em breve.Adorei seu resenha,a sinopse me cativou..parece ser uma leitura proveitosa e satisfatória. :)
    Bjs <3

    ResponderExcluir
  2. Demais esse livro NE? Eu também estou sorteando um exemplar.
    Fica o LINK para quem quiser ter mais oportunidade de ganhar ele. ^^

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia esse livro.
    Vou tentar participar do sorteio.
    Beijos e sucesso com o blog.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar do livro, mas parece ser bem interessante! Tenho certeza que vou curtir a leitura!
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, e estou participando da promoção!
      Meu email: deia_galvao@hotmail.com

      Excluir
  5. oiiii, não cohecia o livro, mas achei bem interessante, no momento não leria, entretanto ja deixei a dica anotada aqui para quem sabe ler no futuro ;)
    Concordo com vc qndo disse que é uma boa escolha narrar o livro em terceira pessoa qndo tem muitos personagens
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Gente, que deve ter sido uma leitura e tanto... Simplesmente amei a resenha, e mesmo você achando que não descreveu direito, você fez eu gostar desse livro, por causa de suas palavras. Achei ele em e-book, e já vou começar a leitura e espero me apaixonar pelo livro.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Oie, ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas adorei a capa simples, monocromática e meio instigante. Fiquei super curiosa com os quotes que você marcou e queria um post só com eles, pode ser??? hahahahahhaha Amei tudo e com certeza vou curtir o livro porque ele tem tudo o que eu gosto: aventura, descobertas e romance!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiee Fernanda ^^
    Ainda não conhecia esse livro, e mesmo não sendo bem o tipo de leitura que eu tenho procurado ultimamente, fiquei curiosa para lê-lo, principalmente tendo em vista que você gostou tanto. Estou curiosa principalmente para saber o final...kkk' espero que a continuação saia logo, e que seja tão boa quanto o primeiro livro. Parece ser uma história interessante :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Fernanda.

    Que felicidade você nos traz com esta resenha tão bem elaborada, parabéns! Sentimo-nos realizados por saber que, Diário de Busca, consegue passar tantas emoções. Considere-se aplaudida.

    Abraços.

    W-Souza

    ResponderExcluir
  10. Olá, não conhecia o livro, achei a capa bem bonita e a premissa bem interessante. Me pareceu ser uma história forte no começo quando li sobre a mãe o internar contra a vontade de dele para receber educação de um padre com estilo nada convencional. Quando li isso fiquei bem empolgada, gosto de livros com pegadas fortes, mas quando li sobre o restante da história que é quando ele sai da internação com 17 anos, fiquei meio que desanimada. Mas nunca digo nunca, quem sabe um dia eu não em anime. Mas fico muito feliz de saber que gostou tanto assim da leitura, fico fascinada e agradecida quando isso acontece comigo.

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Olha, eu acho muito bom uma criança que aprecie a leitura e bibliotecas, mas não gosto da divisão extrema, como se socializar, brincar, se sujar para a criança fosse algo negativo. Mas é interessante ver a saga do Leopoldo em busca de seu sonho de ser arqueólogo e à mercê de uma mãe desorientada. A capa do livro é bonita e o enredo é bem interessante, diferente e peculiar.

    ResponderExcluir
  12. Olá, ainda não conhecia esse livro, mas já me encantei. Gosto de todas essas coisas que estão envolvidas e sua resenha ficou maravilhosa!!!
    Beijos

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, depois de tantos elogios com toda certeza o livro entrou para a minha lista, entrou para o topo na verdade! fiquei super curiosa e intrigada com essa trama, parece ser bem do jeitinho que eu gosto! parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá

    Eu não conhecia a obra, nem os autores, mas gostei da premissa do livro, essa parte que a história é contada no decorrer das gerações e onde cada um tem uma importância na história,é ao mesmo tempo diferente do que a gente costuma ver e interessante, vou anotar a dica, tô procurando livros assim pra ler.

    Bjss

    ResponderExcluir
  15. Oiê, eu ainda não conhecia essa obra nem seu autor, fiquei bastante interessada no enredo, por isso vou participar do sorteio e tentar ganhar um exemplar ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    literaleitura2013@gmail.com
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  16. Oiii, tudo bem?
    Achei incrível essa sua resenha deste livro e me deixou com uma louca vontade de ler. Os livros da Chiado, são realmente lindos e maravilhosos.
    Beijão linda

    ResponderExcluir
  17. Caramba, com tantos elogios a obra que não fica morrendo de curiosidade e desejo de ler? O melhor da resenha foi o sorteio ao final (brincadeira). Eu amo livros que tem reviravoltas e tem um bom desfecho, acho fundamental para a qualidade do enredo. Com certeza é um livro eu gostaria de ler. Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oie.
    Esse livro foi resenhado no meu blog por minha colaboradora Jéssica, ela gostou muito do livro também. Tem um amigo que leu e também gostou. Eu infelizmente não consegui encontrar algo na premissa que chamasse minha atenção ao ponto de querer ler o livro, mas gostei de saber que o leitor jamais vai imaginar o final, acho isso bem legal em livros. E caraaaaaa quantos quotes heim, amo quando um livro tem tantos quotes que termina com nossos post-it. Enfim, Estou participando do sorteio aqui, e espero ter a chance de ler o livro e gostar.

    Ah também tem sorteio do livro no meu blog hehehhe
    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2016/03/sorteio-diario-de-busca.html

    ResponderExcluir
  19. Nossa muito legal ste livro.
    Gostei mesmo! A capa é linda a premissa é maravilhosa e como você citou a leitura realmente deve ser fantástica!
    Já estou participando do sorteio! Boa sorte pra mim!

    Beijinhosss...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Odeio histórias com finais muito previsíveis, e quando você disse sobre não conseguir imaginar um final, fiquei super curiosa em relação ao livro. A capa é linda!

    ResponderExcluir
  21. Olha eu adoro as obras da Chiado Editora e tenho que confessar que assim que comecei a ler sua resenha e ver que o garoto gostava de ficar enfiado na Biblioteca eu já fiquei interessada na estória, depois eu acabei meia que desanimando com o andamento, mas eu não sei, eu acho que teria que ler, porque pela maneira que você abordou e tudo que você escreveu, eu espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura, porque me parece ser um livro realmente muito bom e sem contar que tenho que confessar, capricharam na capa do livro em? A Arte ficou perfeita. Dá um ar de mistério e meio arqueologico sei la....muito legal...Eu espero poder ler assim como você e gostar muito. Tenho certeza que meus leitores também iriam gostar bastante =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/03/resenhas-o-mundo-dos-vampiros.html

    ResponderExcluir
  22. Ooi, hahah me identifiquei com o Léo, que prefere ficar enterrado nos livros do que jogar futebol com os amigos, muitas vezes falei pra minhas amigas que não dava pra eu ir à algum lugar, e fico em casa lendo. Fiquei tentando imaginar o final, mas como você mesma disse que não é nada do que pensamos. É melhor eu fazer a leitura mesmo, rsrs

    Beijos www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Detesto quando meus post-it terminam durante a leitura. Não conhecia este livro, e apesar de não ter gostado tanto da capa, achei o enredo bem interessante que é o que importa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  24. Olá!

    Olha, fiquei fascinada com sua resenha! E isso é grande, pq eu não leio esse gênero. Não me interesso por esse tipo de aventura, mas a forma como colocou que deixou realmente interessada, logo que nunca tinha visto o livro! Essa editora tem mostrado grandes talentos!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  25. Fernanda, adorei a ideia do livro.
    Embora goste mais quando o autor divide a paixão por leitura e a vontade de brincar, mas mesmo assim achei fantástico.
    É o tipo de livro que te ganha e te prende.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro e nem os autores, mas amei a premissa do livro! Parece ser uma historia fantástica e cheia de emoções. Fico muito feliz da historia ter te cativado e ela parece ser realmente incrível, estou ansiosa para poder conferir a historia.

    ResponderExcluir
  27. Oi Fe, sua resenha está maravilhosa, o que deixa com aquele gostinho de quero ler esse livro agora, a editora Chiado acerta em cheio nos autores que tem uma sensibilidade e cuidado em criar suas histórias. Dica anotada! Bjkas

    ResponderExcluir
  28. Nossa, eu fiquei realmente muito interessada pelo livro. Gosto muito de tramas que trabalham com base no suspense, principalmente no desfecho da história. Certamente participarei do sorteio.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Olá linda,
    Gostei bastante do enredo e amo os livros da Chiado porque sempre tem obras magnificas e viciantes e esse parece ser mais uma obra-prima da editora.
    Quero saber o que foi descoberto e me aventurar juntamente aos personagens.

    Beijos
    http://poesiaqueencantavida.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  30. Olá! Eu amei essa premissa. E principalmente pelo fato de você dizer que sente bastante o.local e as reações do personagem e isso deixa o livro bastante interessante!! Fiquei bem curiosa para conhecer. Beijos!
    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Olá... tudo bem??
    Adorei a capa desse livro... enquanto lia a sua resenha só me sentia contagiada pela capa... a premissa é muito boa... e faz um tempão que um livro dessa temática não chama a minha atenção... esse finalmente chamou... talvez porque vemos a dificuldade do garoto em tentar desvendar os mistérios que encontrou fascínio através dos livros, podem ter me contagiado também... sua resenha ficou bem escrita e bem empolgante... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Eu conheço pouca coisa da Chiado Editora, mas depois de ler Quarto eu não vou mais deixar para depois enredos assim. Vou colocar esse livro na minha lista.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oie
    uau que bom que gostou e recomenda tanto a leitura, eu curto bastante esse tipo de enredo e espero poder ler em breve, vou tentar solicitar e adorei a resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oi Fernanda,
    Ainda não conhecia o livro mas me encantei pela história. Gosto de leituras que nos faz vivenciar de forma literal cada página do livro, ou que traga os detalhes a ponto de sentirmos junto com o personagem. Tenho certeza que é uma excelente leitura para se indicar.

    ResponderExcluir
  35. Oiiii, nossaaaaaa fiquei super curiosa viu? Amei as fotinhos também haha
    Dica super anotada!
    Beijos, Lali
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  36. Fiquei com a sensação de que esse livro é muito mais uma aventura do que uma simples leitura e fiquei aqui imaginando as maravilhas do nível de envolvimento que você chegou com ele e não consigo imaginar como Leo é só a ponta do iceberg e como dele eles chegam a Tony , preciso conhecer essa história.


    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  37. Olá,
    Parece ser uma trama rica em detalhes e que provocou muitos sentimentos enquanto você lia né.
    Gostei bastante da capa!
    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  38. Esta resenha atingiu o objetivo: cativar. Já está na minha lista. Achei interessante a mistura na trama.

    ResponderExcluir
  39. Achei o livro bem interessante,não conhecia a obra nem o autor. Adorei seu resenha me cativou, parece ser uma leitura proveitosa

    ResponderExcluir
  40. Que livro fascinante!! Uma história de busca, determinação e superação!! Que chato a mãe dele querer obrigar Leo a ser sacerdote!! A resenha ficou ótima! Já quero ler!!Participando e torcendo para ganhar!!
    Francisca Elizabete
    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  41. Ola, eu ainda não conhecia essa obra nem seu autor,mas eu estou só ouvindo elogios desse livro,fiquei super curiosa e intrigada com essa trama, parece ser bem do jeitinho que eu gosto! parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir

© Psiu, vem ler!. Todos os direitos reservados.
Criado por: Fê Goulart.
Tecnologia do Blogger. | Voltar ao topo
imagem-logo