{Filme} As Crônicas de Nárnia : O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa.


"Um dia você será velho o bastante para voltar a ler contos de fadas." - C.S. Lewis

Título original: The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe
Ano: 2005
País: EUA
Duração: 2h23min
Gênero: fantasia, aventura
Baseado na obra literária de: C.S. Lewis
Sinopse: Lúcia , Susana, Edmundo e Pedro são quatro irmãos que vivem na Inglaterra, em plena 2ª Guerra Mundial. Eles vivem na propriedade rural de um professor misterioso, onde costumam brincar de esconde-esconde. Em uma de suas brincadeiras eles descobrem um guarda-roupa mágico, que leva quem o atravessa ao mundo mágico de Nárnia. Este novo mundo é habitado por seres estranhos, como centauros e gigantes, que já foi pacífico mas hoje vive sob a maldição da Feiticeira Branca, Jadis, que fez com que o local sempre estivesse em um pesado inverno. Sob a orientação do leão Aslam, que governa Nárnia, as crianças decidem ajudar na luta para libertar este mundo do domínio de Jadis.
     A Segunda Guerra Mundial obriga os quatro irmãos Pevensie e muitos outros jovens e crianças a saírem da Inglaterra para lugares afastados, onde não serão atingidos pela guerra.
     Na casa do professor que os abriga, em um dia chuvoso, as crianças decidem brincar de esconde-esconde dentro da casa misteriosa. Lúcia (Georgie Henley, Irmãs Perfeitas; Jane Eyre), acaba encontrando em uma sala um grande e velho guarda-roupa. A menina resolve entrar e se esconder lá dentro, mas quanto mais ela se afasta da porta, a impressão é que o guarda-roupa fica maior. Lúcia avista alguns flocos de neve do outro lado e se vê completamente encantada pelo mundo mágico que encontrou. Então ela ouve passos na floresta e se sobressalta. Quando seus olhos se encontram aos do ser, metade humano, metade cavalo, à sua frente, seu primeiro instinto é de medo, mas aos poucos ela vai se aproximando e fazendo amizade com o estranho, descobrindo que seu nome é Tumnus (James McAvoy, O Procurado; X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido) e que ele é um fauno.
Que guarda-roupa enorme...



     Sr. Tumnus, como é chamado pela menina, conta para Lúcia que eles estão em Nárnia, onde sempre é inverno. O fauno convida Lúcia para ir até a sua casa, tomar chá com ele, e a menina, relutante, aceita o convite.
     O que Lúcia não sabe é que o fauno foi mandado pela Feiticeira Branca (Tilda Swinton, Expresso do Amanhã; Only Lovers Left Alive), para sequestrar qualquer humano que entrar em Nárnia, e é isso que ele está tentando fazer com a menina. Na casa do fauno, ele prepara chá e bolos para os dois e começa a tocar uma das músicas de Nárnia, até que a menina adormece. Quando ela acorda, Sr. Tumnus lhe conta tudo que estava tentando fazer com ela e a ajuda a fugir dali.
Você é o fauno mais bonzinho que conheci.


     Quando Lúcia volta para a casa, nenhum dos seus irmãos notou sua ausência e nem conseguem acreditar na história maluca da irmã caçula. Verificam o guarda-roupa, mas não encontram nada de anormal, nada além de madeira e casacos.
     Na mesma noite, Lúcia decide voltar ao guarda roupa. Seu irmão Edmundo (Skandar Keynes, Ferrari - A Paixão de um Homem) resolve ir atrás dela com a intenção de assustá-la, já que, para ele, tudo não passa da imaginação fértil da irmã. Porém, quando o garoto entra no guarda-roupa, tem uma grande surpresa ao constatar que o tempo todo a menina dizia a verdade.
– E como é que ela está?
– Ela está agindo feito louca!
– Não, ela não. A floresta.
     Lá, Edmundo acaba conhecendo a Feiticeira Branca, assim, entregando o segredo de Tumnus e Lúcia, de que se conheciam. Jadis lhe oferece um manjar turco com o propósito de enfeitiçá-lo, para que ele leve seus irmãos até o castelo dela. Ela garante ao garoto que o fará rei, e Edmundo, orgulhoso e cansado de viver na sombra do irmão, se sente maravilhado ao ouvir tais palavras.
     Quando Lúcia encontra Edmundo e eles retornam para casa, o garoto insiste em dizer que tudo não passa de uma mentira de Lúcia e que Nárnia não existe.


"Você sabe como as crianças são. Elas não sabem a hora de parar de fingir."
     Em uma tarde ensolarada, os irmãos estavam brincando ao ar livre, jogando beisebol, quando a bola quebra uma vidraça. Com medo do castigo, os irmãos correm para dentro de casa, com o propósito de se esconder. Acabam entrando na sala onde Lúcia encontrou o guarda-roupa e, sem ter mais para onde ir, os quatro se veem entrando no misterioso móvel. Assim que decobrem que Nárnia realmente existe, Lúcia decide que eles devem conhecer o Sr. Tumnus. Chegando lá, encontram a porta arrombada e a seguinte mensagem:

"O fauno Tumnus foi acusado de alta traição contra sua majestade, imperial Jadis, Rainha de Nárnia, por abrigar inimigos e confraternizar com humanos. Assinado, Maugrim, comandante da Polícia Secreta. Viva à Rainha!"

     A partir daí, mesmo com medo do que pode acontecer, os irmãos decidem que devem tentar salvar o amigo de Lúcia. Todos, exceto Edmundo, que só consegue pensar em reencontrar-se com a Feiticeira Branca.



     Sei que muitos já devem ter assistido "As Crônicas de Nárnia - O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa" , mas eu queria muito compartilhar com vocês o filme que fez parte da minha infância. Estava eu, em uma locadora com meus pais, quando um estranho me vê com um filme cuja a capa era um leão. O homem me garante que o filme é incrível e que eu vou gostar muito, então decido levá-lo.
     E foi assim, que aos meus seis anos, Nárnia entrou na minha vida e não é exagero, mas minha infância, repleta de brincadeiras sobre como seria viver no mundo mágico de Nárnia, não teria sido a mesma se não fosse aquele estranho na locadora. Nunca gostei muito do gênero fantasia, mas Nárnia, sem dúvida, é uma exceção. Não tem como não se encantar por essa linda história.
"Ó Edmundo, você também entrou aqui ? Não é formidável?"
     O filme é baseado na série de livros de C.S Lewis. Muito poucas são as pessoas que sabem que essa, na verdade, não é a primeira história de Nárnia. Existem outros sete livros, um antes e seis depois desse. Apesar de terem sido, inicialmente, histórias escritas para crianças, os livros e os filmes conseguem cativar a todos. Crianças, jovens e adultos.
     O cenário e a construção dos personagens, como faunos, minotauros e gigantes, foram muito bem pensados. As paisagens são lindas. Algumas das cenas foram gravadas na Inglaterra, que é onde tem inicio o filme.
     Não poderia deixar de falar desse elenco maravilhoso que conquistou todos os fãs leitores.
     Georgie Henley (Lúcia), desde o começo nos encanta com sua atuação. Desde esse primeiro filme, "As Crônicas de Nárnia: O Leão a Feiticeira e o Guarda-Roupa", até o último lançado "O Peregrino da Alvorada", podemos ver a evolução dela como atriz, agora dez anos depois do lançamento do primeiro filme.
     O mesmo processo de evolução vemos no ator Skandar Keynes (Edmundo), que no primeiro filme nos mostra um garoto rebelde, perdido, mudando totalmente em "O Peregrino da Alvorada", acaba nos passando um personagem mais maduro.
     Willian Moseley (Pedro), um dos primeiros amores platônicos da minha infância, mostrando que sempre tive bom gosto, afinal, nos passa nesse filme uma imagem de autoritário, querendo sempre estar no comando de tudo e sempre muito protetor. Não é atoa que tem seu reinado como Pedro Pevensie, sendo "O magnífico".
     Anna Popplewell (Suzana), no filme, está sempre nos passando uma imagem de uma mulher mais pé no chão, tendo bastante relutância em aceitar que Nárnia existe. Com esse sorriso lindo e com rosto de adolescente, mesmo aos 26 anos, Anna P. conquista a todos os expectadores.

Comentários

  1. A primeira vez que assisti a esse filme foi na escola, não dei muita importância até que dias mais tarde reassisti com minha mãe , a experiencia foi tão unica que me marcou para sempre e eu me vi apaixonada imensamente por essa história.Além da história - que é magnifica- o que mais me encantou no filme é a fotográfica e os cenários que são de cair o queixo *0* .

    ps.: Eu comprei o livro com todas as Crônicas mas até hoje não consegui pegar pra ler, seu post me inspirou e acho que vou colocar como meta de próximas leituras.

    beijos, Anna

    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Eu tenho o livro volume único mas o tamanho dele sempre assusta e vou sempre deixando para depois. Até hoje ainda não vi os filmes também porque gosto de ler antes, mas eu tenho certeza que vou amar essa estória, ao ler sua resenha do filme me bateu uma vontade enorme de ler e ver o filme na sequência . Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oie.

    Já vi esse filme, mas nunca liguei muito para o que ele significa - risos! Não me matem, mas foi assim.
    Quanto aos livro nunca li nada a respeito, mas não é aquela obra que me chama atenção ao ponto de querer conhecer mais a fundo, porém, espero um dia mudar de ideia e prestar mais atenção a trama

    Beijos
    http://www.amorliterariooriginal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa, acredita que nunca vi o filme e nem li o livro? Narnia é um clássico e eu quero muito conhecer, mas quem sabe mais para frente? Mesmo sem ter visto o filme, acho o elenco muito bom! Eu tenho o volume único o livro lá em casa. Preciso ler urgentemente

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Lara tudo bem, eu adoro o filme As crônicas de Narnia, apesar do meu favorito ser o primeiro, não curti qdo eles ficaram mais velhos kkkk, quero muito poder ler os livros e ter mais amplitude nos detalhes que sei que são bem mais no livro. Acredita que meu marido tem birra desse filme, toda vez que passa eu digo: - Olha começou seu filme favorito... ele torce o nariz kkkkkkkkkk Homens...
    Bjkas

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Já assisti ao filme e adoro, acho uma graça e bem fofo, mas não tenho vontade de ler o livro. Adorei sua resenha e sua opinião.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Lara acredita que ainda não assisti o filme e amo fantasia, assisti algumas partes na correria do dia a dia, essas imagens são lindas menina. Vou correr para assistir, tenho o livro único mas ainda não terminei de ler, achei as folhas muito finas o que atrapalha um pouco a leitura. Amei a postagem. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Gosto muito do filme, da mensagem e dos arquétipos muito bem trabalhados.
    Considero um dos poucos de teor cristão dignos de serem visto, lógico que por mim...

    ResponderExcluir
  9. Ola, tudo bem??

    Faz muuuuuito tempo que eu não assisto esse filme... Esse post me deixou com MUITA vontade de reassisti-lo. E tenho bastante curiosidade pra ver como é a escrita do livro Também
    Adorei tudo o que você falou... Também tinha uma paixão platônica pelo ator hehe

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá! Sempre digo aqui que vou abrir a porta do meu guarda-roupa e vou para Nárnia! rsrs Amei o filme, não tive a oportunidade de ler o livro, mas sou completamente apaixonada pelos filmes, são totalmente mágicos. Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Lara, esse filme fez parte de muitas infâncias né?
    Eu amei esse filme, a magia dele, mas acabei não assistindo nenhum dos outros filmes, assim como nunca cumpri o propósito de ler aos livros. Mas seu post me deu um animo para correr mas disso rs

    Beijos, Andressa
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Infelizmente eu nunca me interessei por esse filme. Não é meu estilo e sempre acabei ignorando-o quando a TV passava. É tão bom lembrar de uma história que fez parte da nossa infância.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Adorei seu post! Sou apaixonada por "As Crônicas de Nárnia" <3 O primeiro filme é meu preferido! Realmente é tudo muito mágico e bem feito. Já tentei ir pra lá no meu guarda-roupa, mas não deu certo haha
    Beijos, Nathália
    https://livrosdagarotavermelha.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Nossa, eu vi esse filme ontem! Hahaha Sempre que ele está passando na tv, dou um jeito de assistir. Eu gosto de todos os filmes da série, mas o primeiro é o meu preferido. Agora a minha missão é ler o livro. :)

    ResponderExcluir
  15. Ahhh eu adoro o filme, assim como todos os livros. Não entendi bem porque a escolha desse conto como o primeiro a ser adaptado., achei que teve alguns contos que foram melhores que esse. Fico na expectativa de que os outros também sejam adaptados.

    Beijos,

    http://www.lendoeesmaltando.com/

    ResponderExcluir
  16. Que bom que um estranho te ajudou a conhecer Nárnia, ao contrário de você sou louca por fantasia e além de amar o filme (esse e os outros, aliás) amo também todos os livros (ou o livro, no meu caso, que tenho o volume único...rs...). Sim, muita gente não sabe que essa não é a primeira história, queria que todos conhecessem todas pois sou louca por esse universo. Muito bom gosto mesmo ter o Pedro como um de seus primeiros amores platônicos! hahaha...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Já li os 7 livros das Crônicas de Nárnia, mas eles não me cativaram tanto. Acho esse filme bem legal e pretendo ver os demais. Bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ei Lara!
    Já vi o primeiro filme, mas nada d ler os livros nem continuar assistindo.
    Eu ouço uma galera falando bem de Nárnia, mas sabe quando nada te estimula a conhecer mais hahaha
    quem sabe um dia eu termine de ver e comece a ler esta fantasia tão bem comentada né?
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituraviblog.com

    ResponderExcluir
  19. Eu só assisti o filme, mas não sinto esse amor todo, é bom e ponto. Nada a mais....
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá... tudo bem???
    Bom eu ganhei o livro e juro pra você que tentei lê-lo várias vezes, mas não consegui, terminei dando ele para a minha prima que leu mais de uma vez e é apaixonada pela história... ela fez melhor proveito que eu... eu achei a produção do filme bem feita... e curti muito, mas também só fiquei no primeiro filme.... rs... xero!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha #108 | A Mamãe é Rock, de Ana Cardoso | Editora Belas Letras