Resenha: Primavera Eterna




    Maia é uma jovem publicitária bem-sucedida. Tem um emprego estável, um namoro estável, uma vidinha estável. Até demais.
    Certo dia, tentando imaginar como seria sua vida no futuro, o casamento, os filhos, visualiza duas crianças loirinhas correndo... Loirinhas?
    Então ela se dá conta de onde vem aquela cor de cabelos: Diogo, o menino por quem se apaixonou à primeira vista aos 12 anos, numa cidadezinha do interior, onde costumava passar os fins de semana com a família.
    Acontece que ele se mudou para os Estados Unidos há mais de dez anos e, a essa altura da vida, já nem deve se lembrar mais dela.
    Mesmo assim, num impulso, Maia pede férias na agência, inventa uma viagem de trabalho como desculpa para o namorado e vai para Nova York, atrás do seu primeiro amor.
    Primavera Eterna é a história de uma jovem cheia de sonhos esquecidos, que ousa arriscar tudo o que tem e acaba encontrando a si mesma.

                    •                    •


    O livro Primavera Eterna foi escrito pela brasileira Paula Abreu, autora de Escolha sua Vida, e publicado pela Editora Arqueiro no ano de 2014. Com um total de 128 páginas, alcançou a nota 3,4 nas avaliações da rede social para leitores Skoob.

– Você acha que é o nosso primeiro amor que nos move por toda a vida?

    Quando Maia tinha 12 anos de idade, costumava viajar todo o final de semana para a casa que seus pais herdaram no interior do Rio de Janeiro. Como a visão do exterior da casa era enorme, Maia sempre se sentia ao mesmo nível que suas colegas de escola, preocupadas com visual, com seus cabelos perfeitos e que se maquiavam para ir à escola. Sempre pensava que, se essas meninas soubessem da enorme casa que ela possuía para os finais de semana, começariam a lhe convidar para festas e incluí-la em seus grupinhos.
    Mas foi em um desses finais de semana que ela conheceu um garoto novo, neto da senhora que morava ao lado de sua casa no interior. E, desde aquele dia, ela ficou encantada com os belos fios loiros jogados sobre os olhos de Diogo, seu primeiro amor. Tudo o que Maia queria era ficar ao lado dele, que com o passar dos dias criou laços afetivos com ela. Mas como nada na vida é perfeito, o que podia acontecer entre eles interrompeu-se quando o pai de Diogo foi transferido para os Estados Unidos, devido ao seu trabalho. 

O vento remexia os cabelos loiros que corriam à minha frente. Atrás, eu era espuma, Scarlet, arco-íris, laço de fita, as tranças de Rapunzel caindo ao vento, num túnel de luzes coloridas, estrelas, meu coração batendo no chão junto dos pés, tum-tum-tum, e eu era Cinderela, era todas elas e nenhuma. E, finalmente, eu sabia. – Página 33

    Os anos avançaram, Maia ficou adulta e as cartas que ela escreveu para Diogo durante sua adolescência nunca foram respondidas. Sempre sonhadora, ainda queria ser escritora, mas isso parecia cada vez mais impossível, já que ela se esquecera de quando havia parado de escrever. Agora ela tinha um emprego em uma das maiores agências de publicidade do Rio, no qual era bem-sucedida. Mas sua vida amorosa estava cada vez pior. Até que um dia, tentando imaginar como seriam seus filhos no futuro – coisa que costumava fazer sempre que entrava em um novo relacionamento –, acabou visualizando a imagem de duas crianças loirinhas.


Um grupo de japas da nossa idade passou cochichando algo na língua deles e rindo para mim. Era incrível como estar acompanhada fazia toda a diferença. Eu sempre digo para as encalhadas da agência: a melhor coisa para arrumar um namorado é arrumar um namorado. Não precisa ser de verdade, basta sair para jantar com aquele amigo gay que está deprimido por causa de um pé na bunda. Note como, cinco minutos depois, já tem um punhado de candidatos dispostos a roubar o posto dele. – Página 79

    Isso não podia significar outra coisa. Mas há mais de 10 anos que ela não recebia notícias de Diogo. Ignorando totalmente seu lado racional, ela pede férias na agência, dá uma desculpa esfarrapada ao atual namorado e parte em viagem até Nova York. Não tinha a mínima ideia de o que faria quando lá chegasse e muito menos se conseguiria encontrar o homem de seus sonhos, mas sabia que precisava fazer alguma coisa. Podia um amor de infância durar tanto tempo?
    Eu ganhei Primavera Eterna em um sorteio no mês de janeiro e até então ele ainda não havia sido enviado para mim. Chegou aqui em casa nesta segunda-feira e no dia seguinte já comecei a ler. Nas primeiras páginas, realmente achei que não ia gostar, pois não é meu estilo de livro. Mas, no decorrer da história, fui me interessando cada vez mais pela personagem e suas paixões. Acabou que a leitura foi completada em menos de um dia e posso dizer que me surpreendi.
    Toda a narração é feita pela própria Maia atualmente. Agora adulta, ela compartilha conosco tudo o que fez e passou para chegar onde queria. Com a ajuda de rabiscos feitos em um caderno que ela sempre carregava, ela escreve cada detalhe das consequências e vantagens da escolha que fez. Finalmente confiante de que as coisas dariam certo dali para frente, Maia tem um novo objetivo: escrever seu primeiro livro.



    Essa foi uma leitura que me envolveu, obrigando-me a ler a todo instante e arrancando risadas durante aulas escolares. O casal não tem um destino definido e isso me deixou bastante intrigada, pois estou mais que curiosa para saber o que aconteceu com cada um dos personagens depois da despedida. Fiquei tão encantada com a escrita da autora que só voltei para a realidade quando cheguei na última página. A literatura nacional está cada vez mais em alta e seria idiotice negar isso. Estou cada vez mais apaixonada e ansiosa por conhecer novos autores brasileiros.

    A Editora Arqueiro é minha preferida desde o princípio – isso devido aos lançamentos de Colleen Houck no Brasil – e dessa vez não foi diferente. A obra de Paula Abreu está deslumbrante. Com folhas grossas e amareladas, o livro possui uma fonte grande, responsável pela leitura ocorrer tão rapidamente. Na capa, uma linda e criativa ilustração representa a aventura vivida por Maia.
    Recomendo para todos aqueles que querem ou gostam de algo mais calmo, sem muita – quase nenhuma – ação. Se você está buscando uma história amorosa com vários conflitos e um final indeterminado, este é seu livro. Para os amantes do gênero, essa com certeza será uma ótima experiência.

– Quero fazer o meu pedido.
Agora. Não adiantava qualquer promessa de um próximo encontro, nem de novos contatos. Queria que tudo fosse diferente a partir daquele dia, mas o mais provável era que nossas vidas seguissem tão distantes quanto tinham sido até então. – Página 115


Comentários

  1. Olá, Fernanda!

    Eu não conhecia a autora, e ainda não li muitos livros do gênero. Mas só em saber que a edição está caprichada e que é um livro leve mas cheio de aventuras, já posso colocá-lo na minha TBR Jar.

    Beijos.
    Blog Leitura Assidua ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fernanda!
    OMG, que premissa linda *o*
    Largar tudo para viajar a um país distante em um busca de um amor da infância. Quero muito ler ^_^ Parabéns pela resenha, está linda.

    Bjs

    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha e a maneira como a historia acontece.Adoro autores brasileiros, se quiser da uma passadinha lá no meu blog que tenho resenha de alguns, hehe. Beijos!
    Bolicho da Guria
    Fan Page

    ResponderExcluir
  4. Oii tudo bom?
    Agora to curiosa para saber como Maia encontrou Diogo, eu não sabia da publicação pela arqueiro, vou ver se consigo ler em breve *-* Está de parabéns!
    Beijos
    www.doceliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Fiquei curiosa, nunca tinha ouvido falar do livro. Parece ser interessante é muito fofo.

    www.itgeekgirls.com

    ResponderExcluir
  6. Que livro leve e provavelmente gostoso de se ler. Onde posso encontrar?
    Aguardo e agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura agradável mesmo. Ótimo saber que te agradou. :3
      Você pode comprar entrando em algum dos links abaixo:
      Livraria da Travessa
      Submarino
      Livraria Cultura
      Saraiva
      Americanas

      Muito obrigada pela visita e pelo comentário. ♥

      Excluir
  7. Olá, nossa a história parece ser muito bonita, eu já tinha visto o livro antes mas ainda não tinha lido nenhuma resenha, gostei bastante, sua resenha foi bem esclarecedora e o livro entrou na minha lista de leitura para esse ano, beijos.

    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oiiiii!
    Nossa eu não conhecia esse livro da Editora Arqueiro, achei a capa muito fofa e amei a história!
    Parece ser muito legal, já coloquei na minha lista de desejados!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu já vi na livraria mas confesso que pela capa nem dei muita bola rsrs
    Mas me interessei pela história! Boa resenha!

    www.tadescombinando.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ooiii
    Gostei da resenha e achei muito interessante ele, já vou colocar na minha listinha para comprar. :)

    http://thaesbrandao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Fer! Eu tbm adoro os livros da Editora Arqueiro <3
    Não sabia que esse livro era tão bom assim, fiquei com vontade de lê-lo tbm!! (haha)

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Divulgação] Zip Anúncios