Resenha de Filme: Uma Longa Jornada

"... se existe um paraíso, nós nos encontraremos de novo, porque não existe um paraíso sem você." 

Título original: The Longest Ride
Ano: 2015
País: EUA
Duração: 128 minutos
Gênero: romance, drama

Sinopse: Baseado no romance best-seller de Nicholas Sparks, o filme "Uma Longa Jornada" é centrado no caso de amor entre Luke, um campeão ex-domador de touros tentando dar a volta por cima, e Sophia, uma universitária que está prestes a embarcar em seu emprego dos sonhos no mundo das artes em Nova York.

     Enquanto eles lutam para manter seu relacionamento, apesar dos ideais tão diferentes, devido a um acidente eles encontram com Ira, um senhor que vai emocionar o casal com sua história de amor que durou décadas. "Uma Longa Jornada" nos faz refletir sobre os problemas e recompensas do amor verdadeiro.

Se nós não tivéssemos nos conhecido, acho que eu teria compreendido que minha vida não estava completa. E teria perambulado pelo mundo à sua procura, mesmo se não soubesse o que estava procurando.



     Sophia Danko (Britt Robertson) é uma universitária, estudante de artes, que conhece Luke Collins (Scott Eastwood), um peão que está se recuperando de uma lesão. Porém a jovem está se mudando para Nova York a trabalho. No primeiro encontro do casal, eles se deparam com um acidente na estrada. Enquanto Luke salva o idoso, Sophia atende o pedido do senhor e resgata dos destroços uma caixa.


     A partir deste momento, a garota passa a fazer visitas frequentes ao hospital onde Ira Levinson (Alan Alda), o senhor ajudado pelo casal, está internado. Durante essas visitas, Sophia revive os momentos emocionantes da vida de Ira e Ruth (Oona Chaplin) , sua amada e já falecida esposa, através de cartas do passado e se identifica cada vez mais com os dois amantes.

Cada pintura me lembra um capítulo de nossa vida. Não há nada mais preciso para mim. Isso é tudo que resta da esposa que amei mais que a própria vida. Continuarei a contemplar as obras e me lembrar dela até não poder fazer mais isso.



     Luke e Sophia continuam se encontrando e se deparando com vários desafios ao longo dos meses. O casal acaba descobrindo que, apesar dos esforços, as coisas não se tornam mais simples. Luke tenta de tudo para encaixar Sophia em seu mundo, até ensina-lá a montar. Mas entrar no mundo de Sophia, de arte e glamour não é uma tarefa fácil para um peão.
     Mas uma decisão precisa ser tomada e será decisiva na vida do casal, que a cada encontro se torna mais apaixonado. Será que o amor que sentem um pelo outro será suficiente para mantê-los unidos? Valerá a pena abrir mão dos seus sonhos para construir um novo juntos?

"O destino às vezes é cruel e nem mesmo uma boa dose de esperança é suficiente"
     "Uma Longa Jornada" é uma história comovente sobre um amor que ultrapassa todas as barreiras. Mostra os desafios que enfrentamos quando nos entregamos a um relacionamento com uma pessoa com princípios totalmente opostos aos nossos, mas também mostra o quão reconfortante é quando aprendemos a lidar com as diferenças e nos rendemos ao amor.

"Uma coisa é declarar seu amor por alguém, outra muito diferente é aceitar que amar essa pessoa exige que você sacrifique os próprios sonhos."
     É difícil encontramos filmes que podemos dizer ter mais do que pequenas semelhanças com a inspiração, os livros. Mas sim, a obra de Nicholas Sparks foi muito bem interpretada fazendo jus ao livro e agradando aos vários amantes do escritor.
     O filme é realmente perfeito, com imagens lindas do interior da Carolina do Norte, onde o autor vive, que encantam e nos dão vontade de entrar de cabeça no mundo de Luke e Sophia.
O cenário, o figurino e a trilha sonora são todos em um estilo country, e eu, como adoro esse estilo, fiquei encantada.
     Apesar do ótimo desempenho da atriz Britt Robertson como Sophia Danko, na minha imaginação como leitora, previa que seria uma mulher mais madura, mais velha, que faria o papel. Já Scott Eastwood (que homem é esse, Senhor?) superou todas as minhas expectativas em relação a Luke Collins.



     Tratando da trilha sonora, as músicas trazem um encanto especial às cenas. Desde as românticas, nas cenas de Luke e Sophia, Ira e Ruth, às mais animadas, que nos remetem ao mundo dos rodeios.
     Um exemplo de sucesso country encontrado no filme é Show Pony – Black Pistol Fire, que nos faz querer pular do sofá e dançar.

     Eu me chamo Lara Caroline e, a partir de hoje, serei a nova colunista do Império Imaginário. Ficarei responsável pela publicação de resenhas de filmes, postando-as uma semana sim e outra não. Também sou a segunda administradora do blog e ajudo em áreas como divulgação.

Comentários

  1. Seja bem-vinda Lara õ/
    Além dos livros também é bom ter resenha de filmes porque para eu assistir um filme sempre leio opiniões das pessoas, mas resenha é melhor ainda, então não leio as obras do Nick, já assisti alguns filmes que já me emocionaram mas sei que tem diferença no livro, quero dar uma chance para assistir o filme :D Achei o casal tão lindos *O*
    Doce final de semana *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Fer, estou te seguindo já :) Amei seu blog, pois você uma resenha dos filmes. Não assisti ainda esse filme, mas ele parece ser muito lindo. Assim que sobra um tempinho quero assistir :)

    Beijinhos
    http://mihbontorin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Lara, seja bem vinda!
    Eu li este livro e enquanto lia ficava mesmo pensando nele como cenas de filmes. Adorei quando soube que ia sair nos cinemas. No entanto ainda não tive a oportunidade de ver. Adorei seu post, muito bem escrito, vou adorar ver suas dicas de filmes! Boa sorte ;)

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, bem vinda e adorei a resenha, ainda não vi esse filme mas já li o livro, apesar de fã do Nicholas Sparks esse livro dele , pra mim, deixou à desejar mas quero muito ver o filme, beijos

    ResponderExcluir
  5. Lara lindona todos filmes do Tio Nick são comoventes né. adorei a premissa do filme, está em minha lista para um sábado regado a pipoca e bons filmes. Bem vinda a sua coluna e sucesso. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Ainda não assisti esse filme, mais quero ver ele pois li o livro mesmo sabendo que têm diferenças.
    Que bom que gostou do filme e eu gosto da atriz Britt Robertson.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Este filme é muito legal mesmo,
    Parabéns pelo blog. :))
    beijos, rafa
    http://baudeoutonos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sou louca pra ver esse filme
    Pelo visto começa diferente do livro
    Mas mesmo assim quero ver
    Luke nesse file aí pelo jeito vai superar minhas expectativas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Divulgação] Zip Anúncios