E a ressurreição? #ProjetoBLC



    Boa noite, leitores. 
    Bom, como deu para notar, estamos de layout novo (pela última vez nesse ano, juro) e, finalmente, com um que eu realmente fiquei encantada. Sempre quis um simples, mas quando começava a editar os outros, já ia enchendo de coisas. Hahah. Espero que gostem e aprovem o novo visual. Porém, hoje vim aqui para atualizar as postagens do Projeto BLC com o tema de abril - no último dia do mês, que vergonha. Para o mês em que comemoramos a Páscoa, foi proposto um tema que fosse fiel ao verdadeiro fundamento desta data comemorativa.

    "Como assim?!"
  "Todos sabem que Abril é o mês que comemoramos a Páscoa e que esta data representa a ressurreição de Cristo, não é? Aproveitando esta data comemorativa, decidimos homenagear essa época tão especial e ao mesmo tempo entregar a vocês um presente mais gostoso que chocolate.
Sendo assim, imagine que você possui o dom da ressurreição literária. Mas este dom é limitado, você só pode escolher três personagens para ressuscitar.
Esta é sua oportunidade de trazer de volta aqueles personagens que quando morreram levaram junto um pouco de você. Quais seriam estes personagens e quais motivos levaram você a escolhê-los?"
Palavras de uma das organizadoras do projeto.

    Sendo assim, fiz minha pequena listinha com os personagens que, sem pensar duas vezes, eu traria de volta à suas respectivas estórias, mesmo que isso causasse o verdadeiro caos em cada livro. Já vou avisando que essa publicação pode conter spoilers, já que tais mortes podem ser desconhecidas por alguns. Então, estando tudo esclarecido, vamos lá.



    Okay... Os personagens escolhidos por mim - com a ajuda de minha amiga (salve, Karol!) -  fazem parte dos livros citados na imagem logo acima. E são eles: Sr. Kadam (O Destino do Tigre - Colleen Houck), Thorin Escudo de Carvalho (O Hobbit - J. R. R. Tolkien) e Luke Castellan (O Último Olimpiano - Rick Riordan).

    Sr. Kadam: O Destino do Tigre foi um dos dois únicos livros que me fizeram realmente chorar. Era perto da meia-noite quando cheguei nessa parte do livro e me consumi em lágrimas, torcendo pra ninguém me visse naquele estado. Kadam, com aquele jeito de pai, sempre querendo proteger seus príncipes, é o personagem que de longe mais me encanta na saga. Me apaixonei por ele logo no primeiro momento em que ele apareceu. Com certeza, eu o traria de volta e espero que Colleen realize esse meu sonho no próximo - e último (choremos) - livro da saga.

    Thorin: Fala sério. Thorin, filho de Thráin, filho de Thrór, era, entre os anões, o que menos merecia morrer. Tanto no livro, quanto no filme, ele foi o personagem que mais transmitia inspiração, liderando - juntamente com meu querido Gandalf, o Cinzento - uma companhia de anões através de aventuras. Só acho que foi uma injustiça ele morrer estando tão perto de reconquistar seu tesouro e fazer por merecer o título de Rei Sob a Montanha.

    Luke Castellan: Okay, realmente não sei se isso é permitido no projeto, mas foi necessário. Eu estava em um dilema desesperador a respeito do terceiro escolhido. Para isso, pedi ajuda para Karolyne, meu braço direito em vários assuntos. "Por quais motivos eu ressuscitaria Luke? Justamente pelo fato de que, embora ele tenha morrido como herói, não teve a chance de se mostrar um verdadeiro herói. Fora que seria muito, muito emocionante ver Hermes pedindo desculpas pra ele."

    Sinceramente, peço desculpas pela demora. Faltam cerca de vinte minutos para o prazo das publicações acabar, mas acabei me envolvendo com outras coisas durante o mês e só agora pude postar. Quero dar meus agradecimentos para Karol, por ter me ajudado com isso e, mais uma vez, pelos três meses e 100 seguidores alcançados. 
    Por enquanto, é isso. Logo, logo, teremos resenha de Como falar com um viúvo. Tenham todos uma boa noite.
Goulart, F.

Comentários

  1. Primeiramente: amei esse lay, como eu já disse, né? Ficou muito lindo, parecendo esses sites chiques. Só tenho uma enorme dúvida que esse seja o último lay do ano, porque te conhecendo do jeito que eu conheço, logo tu vai mudar de ideia e querer algo mais complexo (e menos simples).
    Quanto a sua falta de responsabilidade: tamo junto. (Brincadeira, tô só embromando mesmo.)
    Enfim, Fay, minha diva. Sobre esse post, embora tenha me dado aquele spoiler enorme da morte do sr. Kadam, está perfeito (principalmente porque contou com a minha ajuda, claro).
    Embora eu não tenha lido O Hobbit e nem olhado (decepcionante dizer isso), ainda vou ler, mesmo com esse drástico spoiler.
    Sobre o sr. Kadam: foi um erro de digitação, tenho certeza, ou uma pegadinha da tia Colleen ou sei lá, só sei que ele tem de voltar, porque ele é, de longe, a melhor personagem de MdT. Serião. ç.ç
    Sobre a morte do Luke: desnecessária. Chorei rios na morte dele e tenho vontade de chorar toda vez que lembro esse fato horroroso. Luke era uma personagem magnífica que não merecia morrer como morreu. Merecíamos ter visto o pedido de desculpas de Hermes, sim, e merecíamos ver o Luke se redimir por tudo o que fez. Ele era excelente, amava aquele cara e ainda tenho a esperança do tio Rick falar que foi tudo uma brincadeira.
    "Quero dar meus agradecimentos para Karol, por ter me ajudado com isso[...]" De nada, sabe que tô aqui pra isso e sempre que quiser é só chamar. <3
    Parabéns pela meta alcançada e que alcance muitas mais. ♥

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Divulgação] Zip Anúncios