21.3.15

Em um livro qualquer... Você sabe a solução. #ProjetoBLC




Saudações, humanos!

    Essa postagem é uma das três que eu vos disse já ter preparado. Demorei para trazer pois estou mega envolvida com a escola e os trabalhos dados por meus professores. Mas isso não vem ao caso. Eu gostaria de dar um aviso que, quando o recebi, pirei feito uma louca. Sei que muitos aqui devem conhecer o blog Palácio de Livros e, em questão disso, saber que alguns dias atrás foi aberto no blog uma seleção para resenhistas. Eu, obviamente, não perdi a oportunidade e me inscrevi. E fui aceita! Então é bem possível que logo, logo vocês me vejam por lá também. Aqui, deixo registrado meus sinceros agradecimentos à Gabrieli e Letícia pela grande oportunidade.

    Agora vamos ao verdadeiro assunto dessa postagem. Além do projeto Rotaroots (desculpem-me por nunca mais ter trazido postagens sobre ele), eu participo de outro projeto do Facebook super elaborado e criado com muito carinho. Ele se chama Projeto BLC (blogagem literária coletiva) e eu falarei um pouco mais sobre a incrível iniciativa no decorrer da publicação.


O que é o Projeto BLC?

"Funciona quase da mesma forma que a postagem coletiva, mas com algumas pequenas alterações. Seria como um grande encontro de blogueiros onde podemos conversar sobre um mesmo tema, conhecer pessoas, esclarecer dúvidas e ainda ganhar livros e mimos. Todo primeiro dia do mês o Projeto BLC irá propor um tema e todos os blogs participantes terão que fazer uma postagem de acordo com o que foi pedido nesse tema. Serve para conhecermos as diferentes opiniões e criatividade sobre um mesmo tema. Para interagirmos com outros blogueiros. E serve também para aqueles dias em que acordamos com “amnésia-literária” e não temos a mínima ideia do que postar. E claro que serve para nos divertimos bastante, pois os temas propostos são sempre elaborados de forma bem criativa e divertida." - Equipe BLC.

    Agora, vamos lá conhecer o tema do mês de março? Garanto à vocês que foi muito bem planejado e será muito divertido fazê-lo. Se quer saber um pouco mais sobre o projeto e suas propostas, já sabe onde clicar.

Em livro qualquer...

    Um belo dia você acorda e percebe que está “dentro” de um livro. Mas não um livro qualquer, um de seus livros preferidos e mais, você é um dos personagens! E agora? O que fazer? Gritar? Chorar? Se desesperar? Nada disso! Afinal de contas você sabe como termina essa história.
Então você corre para procurar a saída e descobre que só poderá voltar para o mundo real quando reescrever um trecho da história, pelo seu ponto de vista. Ou seja, agora você é um dos personagens, o que você faria em determinada situação?

Se você ainda não leu a saga inteira, é possível que aqui tenha spoilers!

    O livro que eu escolhi foi nada mais que A Viagem do Tigre, livro anterior ao O Destino do Tigre, que foi a primeira resenha feita aqui no blog. Quem leu a resenha viu que uma das partes que mais me incomoda na saga inteira é a enrolação de Kelsey-Dhiren-Kishan e é por isso que, pelo poder em mim investido, mudarei a cena que veio depois do beijo entre Kelsey e Kishan, na página 297. Ignorarei aqui o fato de que, se isso realmente acontecesse, o futuro da saga seria completamente diferente (sim, eu sou má). O que me importa agora é unicamente a parte que mudarei. Então, por favor, não me apedrejem se caso minha escolha não os agradar. Hahah.

[...]
    Ren deu um passo para a frente.
    Afaste-se dela, Kishan. Agora!
    Kishan sacudiu a cabeça.
    – Não vou permitir que você machuque Kelsey.
    Machucar Kelsey? Não vou fazer mal algum a ela. A você, por outro lado, eu vou destruir.
    Kishan ergueu a mão.
    Aquilo estava fora de controle. Dois irmãos estavam prestes a se matar e a culpa era minha. Respirei fundo e dei um passo à frente, saindo da proteção das costas de Kishan.
    – Ren... – Em um sussurro, consegui atrair a atenção dele. Seus olhos azuis penetraram minha alma e eu sabia que aquilo o destruiria por completo. Mas era necessário. Tentando não deixar transparecer o medo e o arrependimento, segurei firme a mão de Kishan. – Não sei o que está acontecendo com você, mas eu escolhi Kishan. Escolhi seu irmão para estar ao meu lado e você precisa aceitar isso... – O tigre negro apertou ainda mais minha mão, me passando coragem, mas eu sabia que ele também estava com medo. Os olhos de Ren voaram para nossas mãos e eu pude vê-lo trincando o maxilar. 
    O que aconteceu em seguida encheu meus olhos de lágrimas. O que eu não sabia era que, ao fazer aquilo, não partiria apenas o coração de Dhiren, mas destruiria o meu também. Ren nem se quer tentou esconder o desespero. Seu corpo despencou de joelhos no chão e ele abraçou minha cintura, de modo que eu não sairia dali até que ele permitisse.
    – Não me deixe, iadala. Desde a primeira vez que a vi no Oregon, sabia que você pertenceria a mim. Não desista de nós... – Toda a raiva que antes tomava o coração de Ren se transformou em amargura. Ele havia me dado seu coração e eu o joguei fora. Tentei me lembrar de todas as vezes que ele havia feito o mesmo, mas nenhuma delas parecia ser tão covarde quanto o que eu estava fazendo agora. – Eu me lembro de tudo... O véu de obscurecimento foi removido
    Algo dentro de mim pareceu se romper. Perdi a respiração e senti que despencaria no chão. Kishan parecia tão surpreso quanto eu. Mas eu havia feito minha escolha. Não podia mais viver na montanha-russa que era estar com Ren. Minha relação com Kishan era ótima e eu estava determinada a retribuir o amor que ele me dava.
    Levantando-se, o homem de olhos azuis parado a minha frente estendeu a mão em direção ao meu rosto, mas antes que ele conseguisse tocá-lo, eu recuei. Sabia que seu toque me faria ceder. Desviei o olhar e encarei o chão. Não tinha mais coragem para encará-lo.
    – Desculpe-me, Ren... – Engasgando com as palavras e tentando desesperadamente não chorar, eu dei um último sussurro. – Eu não vou ficar com você. Eu amo Anik Kishan.


• • •

    Wow... Eu mesma me surpreendi com isso. Acho que se Colleen tivesse feito algo parecido no livro, eu teria pirado. Destaquei uma frase com sublinhado pois é a parte que está idêntica ao livro. Já comentei com várias pessoas qual era minha preferência em relação ao triângulo e nunca achei ninguém que concordasse comigo, por isso peço que deixem suas opiniões a respeito nos comentários. Só não me xinguem... 

    Espero que tenham gostado do objetivo do projeto e da publicação de hoje. Se caso se sentirem interessados em participar, entrem no grupo do Facebook e informem-se mais sobre ele. Garanto que irão adorar e ainda terão a chance de ganhar livros e vários outros brindes. Para conhecer o grupo, clique aqui.

Que a força esteja com você.

6 comentários:

  1. parabéns não li este livro ainda mas achei seu post emocionante

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda,
    Também não li a saga Maldição do tigre ainda, mas espero que seja tão legal quanto sua versão. Cenas de beijo são emocionantes e você conseguiu deixar sua versão super empolgante.
    Parabéns, ficou ótima!!!!!
    Blog Monykisses

    ResponderExcluir
  3. Então, né, sabe o quanto isso foi divo? *u*
    Sério mesmo, amei o que tu fez com a cena. Juro que se a Colleen fizesse isso no livro, eu teria chorado, mas apenas por dó do Ren. Tadinho dele, man. ç.ç
    Enfim, eu nunca escondi o quanto amo tua escrita, né? E ficou perfeito. Além do projeto ser muito legal. ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu amei o seu layout e adorei o seu jeito de escrever *--*
    Com certeza vai ser um blog para acompanhar...

    Te indiquei para a tag 7 coisas, passa lá no blog para ver ^^

    Beijos,
    http://fazdeconta-daliv.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Oi! Primeiro parabéns pelo post, posso dizer que viajei lendo ele, hehehe apesar de não ter lido o livro, mas gostei da idéia em si! Outra coisa, te marquei na TAG: De tudo um pouco, lá no blog tem as regras, são 11 perguntinhas! Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Oie Goulart,
    Primeiro preciso dizer que seu blog é lindo demais da conta!!
    Segundo preciso dizer que você arrasaaa escrevendo!
    Terceiro, ainda não li esse livro, mas posso dizer que graças ao seu post fiquei muito curiosa pela série, apesar de estar um pouco com medo da autora não ter posto tanta emoção na cena!
    Parabéns pelo blog e pela postagem!
    Beijos


    Participe do sorteio de um ano do blog, são 6 livros (Drácula Edição Bilíngue em capa dura/ Morte na Mesopotâmia em capa dura/ No Escuro/ A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça/ O Iluminado/ Doutor Sono) + Mimos literários!
    Diário de uma LivroManíaca

    ResponderExcluir

© Psiu, vem ler!. Todos os direitos reservados.
Criado por: Fê Goulart.
Tecnologia do Blogger. | Voltar ao topo
imagem-logo