30.8.16

Resenha em Dobro | Warcraft: Durotan e Warcraft - Livro do Filme Oficial, Christie Golden | Galera Record



Em Warcraft – Durotan, prequel do filme oficial, conhecemos o personagem que nomeia a obra, Durotan, um orc do clã Lobo de Gelo. Durotan é ainda jovem, mas desde cedo é ensinado por seu pai, Garad, chefe do clã, a caçar. Eles vivem em Draenor e possuem uma liderança bastante rígida, exilando aqueles que não são capazes de erguer um machado para que não tirem o alimento dos que lutam pelo clã. Porém os tempos não estão fáceis e os recursos estão cada vez mais escassos, uma vez que a caça tem ficado complicada. O fato de o inverno estar chegando e haver a necessidade de guardar comida tem deixado todos mais nervosos. Mas o clã foi ensinado a persistir e passar por todas as dificuldades. No entanto, as estruturas são atingidas com a chegada de um estranho orc que se diz bruxo e mais chocante que seu visual de pele esverdeada foram as notícias que trouxe de que o mundo estava morrendo aos poucos, mas que ele apresentava a promessa de uma terra perfeita, que não havia sido atacada pela fome e por nenhum outro problema. Tendo sua proposta recusada, o bruxo partiu certo de que aquele clã o seguiria quando os obstáculos chegassem com força total, assim como quase todos os outros haviam feito – e os que não o fizeram pereceram. Porém junto com a chegada do bruxo chegou também uma doença que atingiu Garad, causando sua morte em combate, aumentando ainda mais o clima de incerteza entre todos e deixando os Lobo de Gelo nas mãos de Durotan.

27.8.16

Resenha #76 | Silêncio, Richelle Mead | Galera Record


A perfeição é uma meta admirável. Mas saber a hora de parar é igualmente importante.
AVENTURA/FICÇÃO | 280 PÁGINAS | GALERA RECORD | CLASSIFICAÇÃO: 5/5+ | OFERTAS | SKOOB


Sabe quando uma história é tão sensacional que você simplesmente não acha um jeito de falar por medo de não conseguir transmitir a grandiosidade do enredo? Foi assim comigo ao finalizar a leitura de Silêncio, da autora Richelle Mead. Fiquei um tempo sem saber como começar essa resenha, mas agora as palavras parecem fluir naturalmente e espero que vocês possam aproveitar a publicação.

Fugir. Ele faz uma pausa e abre bem os braços. Para qualquer lugar. Para onde quisermos em Beiguo. Ou até fora das fronteiras do reino. [...] Algum lugar onde o amor não seja regulado pelo trabalho que exercemos, ou pelas funções que outras pessoas nos impuseram.

Beiguo sempre foi um vilarejo calmo, onde todos se entendiam e viviam em paz, cada um cuidando de suas tarefas, lutando pela sobrevivência. O local estava situado no topo de uma das montanhas mais altas da região e “apenas” uma coisa impedia o povo de se locomover para outros lugares: eles eram surdos. Essa condição impossibilitava que ouvissem as inevitáveis avalanches que aconteciam na descida da montanha e isso fazia com que ficassem presos lá em cima.

19.8.16

[Divulgação] Zip Anúncios



Olá, gente!
Em mais uma parceria com a loja Geek 10, vim apresentar um dos melhores classificados do país, que vem ganhando espaço pela praticidade e simplicidade: Zip Anúncios. Lá você pode publicar, gratuitamente, os seus anúncios de venda, com a opção de pagar uma pequena taxa para que eles fiquem em destaque. Você também pode conferir os anúncios de outras pessoas, selecionando sua região e filtrando os resultados nas diversas categorias, como "animais e acessórios", "bebês e crianças", "eletrônicos e informática", "imóveis", "moda e beleza", "veículos" e várias outras, assim como também pode optar por ver os anúncios de todo o país. O site apresenta uma grande variedade de anúncios de produtos incríveis.

14.8.16

Resenha #75 | O Papai é Pop 2, Piangers | Editora Belas Letras


De novo, de novo, de novo!
CRÔNICAS | 112 PÁGINAS | EDITORA BELAS LETRAS | CLASSIFICAÇÃO: 5/5+ | SARAIVA | SKOOB


Resenhas anteriores:
  1. O Papai é Pop #1

Piangers está de volta com mais crônicas divertidas e emocionantes repletas de lições, tanto as que ele ensina aos seus leitores quanto as que ele aprende com as filhas sobre as experiências de se tornar pai. Dessa vez, as meninas já estão um pouquinho mais velhas e Marcos nos prestigia com a oportunidade de acompanharmos suas novas descobertas.


Quero que você finja. Que se torne perita em simular doçuras. Que seja ótima em praticar bondades, em estabelecer empatias. Você já terá sido muito melhor do que eu. E quando menos notar, será aquilo que fingia ser. Será doce, bondosa e atenciosa.

Anita e Aurora continuam sendo as estrelas da obra e somos agraciados com relatos de um pai passando por diversas situações, desde a troca de fraldas, que é o mínimo que um pai deve fazer, passando pelas crônicas sobre ter o segundo filho, até conhecer o pai da coleguinha de escola da filha. Piangers continua aprendendo com a inocência das meninas, principalmente no que diz respeito a ficar no celular.


11.8.16

Parceria + Wishlist - Geek10: Produtos geeks, nerds e criativos



Oi, gente!

Estou aqui para anunciar uma novidade muito legal para vocês. Estou com uma nova meta de divulgar as lojas online com os produtos mais legais e apresentá-las a vocês. Recentemente, fechamos parceria com a loja Geek10 - nossa primeira parceira nesse novo objetivo! - e eu só tenho a elogiar o atendimento da equipe. Obrigada pelo voto de confiança, pessoal! Eles são fantásticos e, em breve, estarei apresentando os mimos enviados por eles lá no Instagram do blog (se você ainda não nos segue, corre lá: @psiuvemler ♥). Mas hoje vim mostrar, em uma wishlist, aqueles itens que mais me encantaram e fiquei louca para mostrar aos leitores do blog. Separei itens pelas categorias da loja: acessórios, canecas, cozinha e decoração, mas vocês podem encontrar muito mais coisas lá no site: www.geek10.com.br. Então, vamos lá. Espero que vocês curtam a publicação. *-*

8.8.16

Resenha #74 | Se Eu Fosse Uma Árvore, de Talita Nozomi | Editora Gaivota


Uma árvore capaz de transformar folhas secas em tapete macio para os amigos.
LITERATURA INFANTIL | 48 PÁGINAS | EDITORA GAIVOTA | CLASSIFICAÇÃO: 3/5 | OFERTAS | SKOOB


Quando criança, você chegou a pensar em como seria se você vivesse como uma árvore? Nesse livro, Talita nos mostra o bom de ser uma árvore. Nos fala de como ela seria nas diferentes estações do ano, como ela seria com os pássaros, com as crianças; É um livro bem infantil mesmo e a autora dedica à duas crianças – ou como ela chama no livro, seus adubos.

© Psiu, vem ler!. Todos os direitos reservados.
Criado por: Fê Goulart.
Tecnologia do Blogger. | Voltar ao topo
imagem-logo